• Ceclin
dez 17, 2018 0 Comentário


Confira os últimos homicídios registrados na Mata Sul pernambucana

Adolescente é assassinado e culpado acaba preso em Vitória de Santo Antão 

Abnoam confessou que matou o garoto por motivo torpe. Foto: Polícia Militar/Cortesia

Abnoam confessou que matou o garoto por motivo torpe. Foto: Polícia Militar/Cortesia

Na última sexta-feira (14/12), um adolescente de 16 anos foi assassinado a tiros no Loteamento Belo Horizonte, área urbana da Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata pernambucana. Marcelo Miguel Barreto da Silva, segundo a Polícia Militar (PM), foi atingido por cinco disparos de arma de fogo, afetando sua cabeça e abdômen.

Horas após o crime, a PM deteve o principal suspeito de ter matado o adolescente. Abnoam Rodrigues da Silva, 19, foi flagrado na Rua Primitivo de Miranda, no Centro da cidade, de posse de um revólver calibre 38. Ele confessou a autoria alegando que Marcelo Miguel havia assediado sua namorada, razão pela qual cometeu o homicídio.

Ataque a tiros termina com irmã morta e irmão baleado em Gravatá 

A Polícia Civil está investigando um ataque a tiros contra dois irmãos ocorrido no último sábado (15) na BR 232, Serra das Russas, Gravatá, no Agreste. Elenilda Maria da Silva, 35 anos, foi morta na ocasião. O irmão dela, Elenildo Rodrigues da Silva, foi gravemente ferido e levado para o Hospital da Restauração (HR), bairro do Derby, área central do Recife, onde permanece internado.

Segundo a Polícia, dois homens em uma moto, ainda não identificados, abordaram o veículo, um Celta da cor branca, onde os irmãos estavam com mais três parentes. Eles teriam se identificado como policiais e pedido para o carro parar. Logo em seguida, abriram fogo contra o veículo, matando Elenilda e ferindo Elenildo. Os irmãos seriam oriundos de Chã Grande, Mata Norte.

Operação policial prende casal acusado de tráfico em Água Preta 

Operação contra casal em Água Preta

Uma megaoperação conjunta entre oficiais do BEPI (Batalhão Especializado em Policiamento do Interior) e do 10º BPM (AIS-13) prenderam duas pessoas acusadas de administrar um complexo esquema de tráfico de drogas na região de Água Preta, na Mata Sul. As prisões ocorreram na tarde da sexta-feira (14), no âmbito da operação batizada de “Inquietação”. Ao todo foram apreendidos 318 papelotes de maconha, 350 gramas da mesma droga, além de um tablete do mesmo entorpecente prensado, pesando 700 gramas.

Ex-presidiário é encontrado morto em estrada vicinal, na zona rural de Xexéu

Um homem de 25 anos foi encontrado morto em terras do engenho Galo, na zona rural de Xexéu, Mata Sul, na noite da última sexta-feira (14). A vítima era ex-presidiária e estava caída em uma estrada vicinal. Moradores da localidade acionaram o policiamento para informar acerca de um suposto homicídio. Populares que transitavam na estrada de acesso ao engenho encontraram o corpo crivado de balas na beira do caminho. De acordo com as investigações, o homem tinha passagem pela Polícia e respondia a um inquérito por violência doméstica.

Corpo em decomposição é encontrado boiando em rio de Gameleira 

Na segunda-feira (16), um cadáver foi encontrado no engenho Cachoeira Lisa, zona rural de Gameleira, Mata Sul. A vítima estava presa em galhos de árvores, boiando nas águas de um rio. Segundo a Polícia, o corpo já estava em avançado estado de decomposição, por este motivo não foi possível realizar a identificação. Após realização dos procedimentos cabíveis, o cadáver foi encaminhado ao IML (Instituto de Medicina Legal). As causas da morte ainda não foram reveladas e as autoridades seguem com as investigações.

Exame de DNA confirma que corpo encontrado em Ribeirão é de Maria Irlaine 

A Polícia Civil confirmou que o corpo encontrado no sábado (15) em Ribeirão, Mata Sul, é mesmo de Maria Irlaine Dantas da Silva, 10 anos, que havia sido sequestrada pelo padrasto na semana passada. A identidade foi confirmada através da comparação do DNA de Iraneide Lourdes Dantas de Oliveira, mãe da menina, e do material genético coletado no corpo, que estava em estado avançado de decomposição.

O caso - Maria Irlaine Dantas da Silva foi sequestrada pelo padrasto, José Carlos da Silva, 41, na segunda-feira (16), no bairro da Charnequinha, Cabo de Santo Agostinho, Grande Recife. Na sexta-feira (14), ele foi encontrado morto, pendurado pelo pescoço em uma ponte na BR 101, em Ribeirão. Segundo a irmã da criança, José Carlos era um homem “calado” e “muito ciumento”.