Arquivos do Blog

Prefeitura quer sentenciar o Carnaval de Vitória em uma peça burocrática


Desta vez, a Prefeitura de Vitória inventa um tal de “Decreto do Carnaval”, e a ACTV e a ABTV engolem este engodo. Saiba as razões por que Elias e Paulo Roberto não investem no carnaval das alegorias

carnaval de vitória 2014

Por Lissandro Nascimento

Nas últimas semanas ocorreram três reuniões para tratar dos preparativos para o Carnaval da Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata, duas delas promovidas pelos representantes da Prefeitura e a outra pela Câmara de Vereadores, através de uma audiência pública. Não tive como participar de nenhuma delas, em virtude da minha agenda de viagens da AblogPE. Pelo que li nos demais Blogs da cidade quanto aos encaminhamentos destes encontros, arrisco seguramente num palpite: os atuais gestores públicos que tratam do Carnaval estão sendo míopes (pra não afirmar coisa pior!) no trato com a maior festa popular da cidade.

Papangus de Bezerros/PE

Papangus de Bezerros/PE

Primeiramente, para ajudar nesta reflexão, gostaria de perguntar ao leitor do meu Blog: o que define a essência (alma) do Carnaval da Vitória de Santo Antão?

Na linguagem da ciência turística, um atrativo turístico cultural se define pela sua singularidade. Exemplos: Escolas de Samba (Rio de Janeiro), Axé (Bahia), Olinda (Orquestras de Frevo); Recife (Carnaval de rua e de palco); Bezerros (Papangus) e por aí vai.  Hoje, num mundo globalizado, onde a tendência é a padronização dos costumes, as pessoas saem ou viajam a procura do “diferente”.

Pois bem, repito: o que define a essência (alma) do Carnaval da Vitória de Santo Antão?

O que fez transformar o secular Carnaval de Vitória em uma referência como o melhor do interior de Pernambuco e o fez definhar e empobrecer nas últimas décadas? Bem, esta discussão daria, certamente, um trabalho acadêmico de Doutorado. Não quero me alongar. Mas, todos concordarão que as alegorias e ou os carros alegóricos atendem ao conceito do diferente da nossa maior festa.

De modo que a experiência dos últimos anos tem mostrado que todos nós vitorienses, principalmente os nossos gestores públicos, não estamos fazendo o “dever de casa”.

Ora, então por que o atual Prefeito Elias Lira (PSD) e a pasta responsável que é a Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes, na pessoa do visionário e empreendedor Paulo Roberto Leite de Arruda, não investem pesadamente no Carnaval das Alegorias?

Vamos lá! (…)

Carnaval para quem?: O Secretário Paulo Roberto e o Prefeito Elias Lira devem saber.

Carnaval para quem?: O Secretário Paulo Roberto e o Prefeito Elias Lira devem saber.

Os atuais gestores públicos depois da fragorosa, irresponsável, venal, covarde e anti-estratégico projeto de “desorganização” do Carnaval de 2014, decidiram retomar o percurso do Carnaval da Vitória, voltando em 2015 a ser o antigo, em decisão tomada em conjunto com os representantes das troças, clubes e blocos locais. A mudança fará com que o corredor da folia passe pela Praça da Matriz, do Livramento e Avenida Mariana Amália. A Prefeitura de Vitória ainda insiste no “Carnaval de Palco” com a criação de novos polos de animação que serão instalados nas praças do Livramento e Duque de Caxias com suas atrações, da mesma forma que ocorre no Pátio Otoni Rodrigues e Praça da Matriz.

Desta vez, a Prefeitura de Vitória inventa um tal de “Decreto do Carnaval”, pois no ano que vem a responsabilidade de ajuste às normas de segurança ficará por parte da Prefeitura, já que o malfadado Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), não será elaborado.  O Decreto é uma série de normatizações definidas pelo Poder Executivo com requisitos voltados ao horário do término dos shows, segurança e outras questões técnicas. Um dos itens, por exemplo, trata-se da questão da altura da fiação, que era responsabilidade dos próprios blocos. Agora, será serviço da Prefeitura. É muita mesquinharia!

Portanto, este “Decreto do Carnaval” estabelece as diretrizes que regulamentam a festa, a fim de garantir a mobilidade e segurança da população e dos foliões. Com a produção do Decreto, o TAC será extinto, onde a dupla acima, não usará mais o Ministério Público como “escudo”. Pelo que se vê, chega Paulo Roberto Leite de Arruda e coloca debaixo do braço (melhor dizendo, debaixo do ‘sovaco’) este Decreto, como fazem os Protestantes com a Bíblia, como se fosse a coisa sagrada que irá resolver todos os problemas do evento. Sinceramente, desculpe-me… P.Q.P.!!!!!

A polêmica que persiste para a próxima edição do Carnaval é a exigência de documentação das troças e demais agremiações para que possam receber cotas de patrocínio do Poder Executivo. A regularização exige a cópia do estatuto, certidões negativas municipal e federal, além de CNPJ e ata de constituições da diretoria.

Carro Alegórico do Clube Vassouras O Camelo - Carnaval de 1928 - Acervo IHGVSA.

Carro Alegórico do Clube Vassouras O Camelo – Carnaval de 1928 – Acervo IHGVSA.

É impressionante como as duas entidades do Carnaval engolem este engodo! Falo da Associação do Carnaval Tradicional Vitoriense (ACTV) e a Associação dos Blocos de Trios Elétricos da Vitória (ABTV). Não percebo nenhuma das duas entidades abrirem uma pauta de discussão sobre a construção de uma Política de Incentivo à Cultura em Vitória. Não vejo ninguém cobrar a instalação do Conselho Municipal de Cultura. Ninguém discute um plano estratégico de longo prazo para o setor cultural. Ninguém protesta e penaliza os culpados pela falência dos Clubes Carnavalescos que produzem os carros alegóricos. Querem sentenciar o Carnaval da tricentenária Vitória de Santo Antão em uma peça burocrática.

Carnaval para quem?: Charles Romão (ABTV) e Gilberto Lorena (ACTV) devem saber

Carnaval para quem?: Charles Romão (ABTV) e Gilberto Lorena (ACTV) devem saber

Quem deve pautar a discussão do carnaval de Vitória é quem faz carnaval e os seus foliões. Sinceramente, hoje, independente da Prefeitura, o povo é que faz o verdadeiro carnaval vitoriense.

Ademais, amigo leitor deste Blog, considero que estamos muito atrasados neste debate. É preciso entender que a atual lógica que se estabelece na festa é transformá-la numa indústria elitista de lucro. Não podemos aceitar isso! Elias Lira, Joaquim Lira e Paulo Roberto estimulam a política da industrialização do carnaval vitoriense. Na audiência pública do Carnaval na Câmara, Paulo Roberto resumiu o sucesso da sua gestão na festa: “Em todos estes anos tivemos violência zero no Carnaval de Vitória e abolimos os vasilhames de vidros”, concluiu. (sem comentários!).

palco carnaval de vitóriaAgora explico por que eles não investem no Carnaval das Alegorias e insistem no ‘Carnaval de Palco’.

Nos últimos anos, a cidade tem presenciado pesados investimentos no Carnaval de Palco, em detrimento do ‘Carnaval de Rua’. É misturar água com óleo, não funciona! A nossa essência é carnaval de rua com carros alegóricos.

Lira e Paulo Roberto insistem no carnaval de palco em razão dos altos volumes de recursos públicos empregados. Não é vantagem para eles investirem em alegorias, pois implica num investimento público de longo prazo, aonde o dinheiro não chega de forma imediata. Por isso que o Decreto não menciona nenhuma linha sobre as Alegorias. Contratar estruturas metálicas gigantescas de palcos, cantores caríssimos, licitar decoração do corredor da folia em valores que poderiam financiar três carros alegóricos, montar uma gigantesca equipe para cuidar de toda esta estrutura empregando gente e ‘amarrando votos’, licitar diversos equipamentos inclusive de som, alimentação, combustível, empresas para terceirizar estes serviços e “tirar a comissão”.

Ah claro! Um detalhe interessante: vendas de camarotes. Qual a razão de retirar o Quartel General do Frevo da Praça Duque de Caxias e levar para o ‘fim do mundo’ do corredor da folia? Porque lá tem muito espaço para vender camarotes!

Camarores no São João 2014 Nossa Vitória

Investir no ‘carnaval de rua’ e nos carros alegóricos é destinar os recursos públicos diretamente aos clubes carnavalescos, é dotar de uma estrutura menor de organização urbana, é construir uma política de cultura carnavalesca de longo prazo, ou seja, dessa forma os recursos e os investimentos públicos são mínimos. Dificulta pegar no “dinheiro vivo” que sai dos cofres públicos da Prefeitura e penaliza o dinheiro imediato circulando nas mãos destes F.D.P !!!!

Carro Alegórico do Clube Abanadores O Leão

Carro Alegórico do Clube Abanadores O Leão

 

Em Pernambuco, FAINTVISA conquista nota 4 no IGC 2014


fachada-faculdade-faintvisa-0-20130123111501

As Faculdades Integradas da Vitória de Santo Antão – FAINTVISA – vem há mais de quatro décadas, formando profissionais que atuam em todo o estado pernambucano, e alguns até, em território nacional, em diversas áreas.  O empenho e capacitação de cada um que forma o corpo acadêmico da instituição elevou a nota do Índice Geral de Cursos (ICG) da FAINTVISA, avaliada em nota 4, comparando-a a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e a Universidade Rural de Pernambuco (UFRPE), deixando a FAINTVISA com o desempenho a frente de renomadas faculdades e universidades da capital pernambucana.

O IGC é um indicador de qualidade que avalia as instituições de educação superior. Para conhecer o desempenho das instituições de ensino superior do país, os estudantes podem consultar, entre outros indicadores, o ICG. O instrumento é construído com base numa média ponderada das notas dos cursos de graduação e pós-graduação de cada instituição. Assim, sintetiza num único indicador a qualidade de todos os cursos de graduação, mestrado e doutorado da mesma instituição de ensino. O IGC é divulgado anualmente pelo Inep/MEC, imediatamente após a divulgação dos resultados do Enade.

O conceito de ciclo avaliativo foi definido no Art. 33. da Portaria Normativa nº 40 de 12 de dezembro de 2007. Ele compreende a realização periódica de avaliação de instituições e cursos superiores, com referência nas avaliações trienais de desempenho de estudantes, as quais subsidiam, respectivamente, os atos de recredenciamento e de renovação de reconhecimento.

 Com informações da Assessoria. 

 

Mazo é confirmado como novo treinador do Vera Cruz


MAZOO Vera Cruz entra em campo no próximo domingo (21) com um novo mandatário: Josemar Araújo Santos, mais conhecido como Mazo. A troca de comando aconteceu após a derrota do time na última quarta-feira (17) em Caruaru. O galo vitoriense perdeu por 2×1 para o Porto e terminou a rodada na 6ª posição. Mazo chega para ocupar o lugar de Luiz Carlos, que liderou o acesso do time à elite. O novo treinador tem 44 anos, e é natural de Timbaúba, na Zona da Mata pernambucana.

Como jogador, Mazo atuou ao lado de Rivaldo no Santa Cruz e conseguiu dois títulos estaduais. Em seguida foi pra Portugal, onde em sua passagem por lá levantou diversos títulos, entre eles, a Taça do Ribatejo Abrantes F.C., e o Distrital Abrantes F.C, da 3° divisão em duas oportunidades. Neste ano, ainda em Portugal,  o ex-atleta treinou o C.F. Gavionenses. No Vera, o primeiro desafio dele será contra o Pesqueira, no Joaquim de Brito.

 

Henrique Queiroz parabeniza municípios pelo aniversário de emancipação política


henrique 1O deputado Henrique Queiroz, do PR, foi à Tribuna, nesta quinta (18), parabenizar os municípios de Lagoa de Itaenga, Camutanga, Passira, Chã de Alegria e Feira Nova pelos 51 anos de emancipação política, que serão celebrados no próximo sábado (20).

O parlamentar também destacou os 60 anos de emancipação de Cortês, a serem comemorados no próximo dia 29.

Queiroz lembrou que foi em 1963 que o então governador Miguel Arraes emancipou esses municípios, com exceção de Cortês. E observou as potencialidades de cada cidade. Destacou em Lagoa de Itaenga a Usina Petribú e a tradicional festa da Corrida de Jericos. Em Camutanga, o deputado ressaltou a Usina Central Olho D`água.

No que se refere à Passira, o parlamentar assinalou a produção de bordado, que mobiliza principalmente mulheres organizadas em cooperativas, distribuindo o produto para o Brasil e o Exterior. Chã de Alegria, segundo Henrique Queiroz, tem se destacado pelo crescimento nos últimos anos. Já Feira Nova é a terra da farinha e Cortês teve a reconstrução de 700 casas após as últimas enchentes.

O deputado informou também que doou exemplares dos livros “Lendas do Nordeste”, de Bartyra Soares, Lourdes Nicássio e Silva e Raphaela Nicássio, e “A Memória Histórica de Catende”, de Eduardo Menezes, para a Biblioteca da Assembleia Legislativa.

Com informações da Assembleia Legislativa de Pernambuco. 

Saiba como deixar sua referência bibliográfica em ordem alfabética


WordPor Marcio Souza, A Voz da Vitória

Muitos acadêmicos têm se preocupado bastante em como inserir a referência bibliográfica no seu trabalho de conclusão acadêmica. Um dos grandes problemas depois que a bibliografia está inserida é de que maneira ela será ajustada em ordem alfabética. Com certeza, você já deve ter presenciado algum colega ter “quebrado a cabeça” tentando fazer isso, que por sinal, parece ser difícil, mas não é.

Há quem fique digitando letra por letra e conferido seu posicionamento no alfabeto, mas um único recurso no Word faz com que isso seja feito automaticamente, sem precisar de tanta correria.  Selecione o conteúdo escrito, e na opção “Início” vá até o ícone “Classificar”. Dê um clique e após abrir a caixa de diálogo selecione a opção “Classificar por parágrafos”. Mantenha no tipo “Texto” e selecione a ordem “Crescente”. Pronto! basta dar um “OK” e tudo será ajustado automaticamente.  Tenho certeza que essa dica irá ajudar vocês.

Confira a ilustração:

(Selecione o texto com exceção do título. Depois clique em início. Vá até a opção classificar e selecione por Parágrafo –  Texto – Crescente.  Foto: Reprodução / Word 2007).

Após

(Após ter seguido os procedimentos a referência se ajustará alfabeticamente. Foto: Reprodução  / Word 2007)

 

 

Acusado de tentativa de homicídio é preso em Escada


prisão PC EscadaPoliciais civis e militares da Equipe Malhas da Lei de Vitória de Santo Antão, na última segunda-feira (15), deram cumprimento a mandado de prisão expedido pela Comarca de Escada,, em desfavor de Estácio Manoel Barbosa da Silva, 33 anos de idade, acusado de tentativa de homicídio, ocorrido no dia 12 de junho de 2013.
Estácio responde ainda pela autoria de crimes como receptação de veículo e adulteração de veículo automotor. Ele foi preso no Bairro Alvorada, na cidade de Escada e recolhido para o Presídio de Vitória de Santo Antão, onde permanece à disposição da Justiça. As informações da prisão foram repassadas nessa quinta-feira (18).

Kasa Fina: últimos dias para concorrer a moto Fan 125 Honda


kasa finaA Kasa Fina Ambientes Exclusivos situada em Vitória de Santo Antão, oferece móveis de altíssima qualidade com um serviço de entrega e montagem de qualidade a altura dos seus clientes. Irmanada com a Juliana Móveis, ambas promovem uma campanha ofertando ótimos descontos e ainda sorteia, nestes últimos dias do ano, uma moto FAN 125 HONDA. 

Suas compras de Natal por um precinho especial e ainda concorrendo a uma super moto no final do ano, basta apenas comprar e a cada R$ 100,00 vale um cupom para concorrer ao sorteio. Cada loja vai sortear uma moto FAN 125 HONDA.

Tanto a Juliana Móveis, quanto a Kasa Fina que funciona na Praça 03 de Agosto, nº 165, no bairro do Livramento, em Vitória, se insere nesta promoção em conjunto com a filial da Av. Dr. Francisco Correia, nº 554 – no Centro de São Lourenço (Defronte ao Mercado Público).

SERVIÇO

Kasa Fina Ambientes Exclusivos

Praça 03 de Agosto, 165 – Livramento, Vitória de Santo Antão, PE.

Horários de atendimento: das 9h às 19h. (Segunda à Sexta)

Das 9h. às 16h. (Sábados)

Telefone: 81.3523.3580.

banner kasa fina

 

 

Presidente do PT em Vitória antecipa desfiliação para evitar expulsão


Baixinha ex PTO presidente do diretório municipal do PT da Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata,  o pedagogo Sebastião Pereira da Cruz, conhecido por Baxinha, apresentou nos últimos dias sua carta de desfiliação à sigla.

Em Pernambuco, a presidente estadual do PT, Dep. Teresa Leitão, havia conduzido no último domingo a reunião do Diretório que desligava automaticamente centenas de militantes do partido, em razão destes contrariarem a orientação partidária. Os dissidentes haviam apoiado a eleição do então governador eleito Paulo Câmara (PSB), pelo qual hoje o PT lhe faz oposição.

Baxinha fazia parte da Corrente petista Luta de Massas, pelo qual havia decidido abandonar a campanha do então candidato Armando Monteiro (PTB). Ele havia assumido em 2013, pela primeira vez na história da sigla, a presidência do PT de Vitória  influenciando cerca de 60% dos integrantes do Diretório local. O pedagogo também chegou a apoiar a candidatura a deputado estadual de Joaquim Lira (PSD), filho do Prefeito de Vitória, Elias Lira, o que aumentou o seu desgaste junto aos militantes petistas.

Com o pedido de desfiliação, o Diretório do PT de Vitória deverá se reunir nos próximos dias para discutir e deliberar quanto ao preenchimento dos cargos vagos, bem como poderá homologar o nome do advogado Aristides Félix Júnior, vice-presidente, para assumir o comando partidário.

 

 

Condic aprova incentivos milionários para 36 projetos, inclusive em Vitória


Reunião foi comandada pelo secretário de desenvolvimento econômico, Márcio Stefanni Monteiro. Foto: AD Diper/Divulgação

Reunião foi comandada pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Márcio Stefanni Monteiro. Foto: AD Diper/Divulgação

Mais 36 projetos, sendo 23 indústrias, 11 importadoras e duas centrais de distribuição tiveram incentivos fiscais do Estado de Pernambuco concedidos em 2014. Os investimentos em indústrias totalizam R$ 178,3 milhões, sendo R$ 54,8 milhões destinados à RMR e R$ 123,4 milhões para o interior. A lista foi aprovada nesta quinta-feira (18), durante a última reunião do Conselho Estadual de Políticas Industrial, Comercial e de Serviços (Condic). Considerando o acumulado de 2014, R$ 1,3 bilhão em implantações ou ampliações foram beneficiadas pelos programas estaduais.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Márcio Stefanni Monteiro, ressaltou que os investimentos foram importantes para desenvolver o interior, principalmente na geração de empregos. “Somente nesta reunião de hoje foram gerados 1.236 postos de trabalho, dos quais 735 vão para o interior do Estado e 501 na Região Metropolitana do Recife. Quando se mensura o ano, são quase 11 mil empregos, quase 9 mil para o interior”, destacou.

Ao todo, da última reunião, 14 municípios foram contemplados, sendo dez no interior e quatro na RMR. E são eles: Escada, São Bento do Una, Pedra, Bezerros, Caruaru, Petrolina, Lagoa Grande, Limoeiro, Vitória de Santo Antão, Pombos, Recife, Jaboatão dos Guararapes, Moreno e Cabo de Santo Agostinho. Dentre os nomes de maiores aportes, estão a Iquine, que decidiu implantar nova unidade em Vitória de Santo Antão (R$ 61,8 milhões) e Tramontina Delta, que vai aplicar mais de R$ 36 milhões em Moreno.

Das 12 Regiões de Desenvolvimento (RD) de Pernambuco, seis foram contempladas: RMR, Mata Sul, Agreste Central, Agreste Setentrional, Agreste Meridional e Sertão do São Francisco.

 

ACTV virou extensão da Prefeitura da Vitória de Santo Antão


gilberto lorena actv

por Lissandro Nascimento

Não há uma política cultural voltada para o secular Carnaval do Município da Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata, isto é um fato. Entretanto, não poderia deixar de registrar que uma das principais entidades que deveriam zelar pelas valentes Troças e Clubes Carnavalescos e buscar a construção de uma intervenção pública de qualidade, esteja pormenorizada no seu papel inicial. Trata-se da Associação do Carnaval Tradicional Vitoriense – ACTV, que há duas décadas congrega as agremiações que estimulam o Carnaval das Alegorias na Terra da Tabocas.

Recentemente, tomamos conhecimento de que a entidade realizou a eleição de sua Diretoria e Conselho Fiscal ocorrida no último dia 09 de dezembro, para o biênio 2015/2016. Duas chapas concorreram ao pleito. A primeira tendo como candidato a reeleição o presidente Gilberto Lorena e a segunda chapa a candidata Verônica Carneiro, do secular Clube de Fados Taboquinhas. Com 35 votos válidos, Gilberto Lorena foi reconduzido a frente da Associação. A outra chapa obteve 27 votos, num universo  de 04 votos nulos e 19 abstenções, dentre as 87 agremiações aptas a votar.

Lorena preside a entidade desde novembro de 2012, após a morte do presidente Paulo Oliveira, fundador do Bloco Marias & Lampiões. O que se constata é que grande parte dos integrantes da chapa eleita são funcionários comissionados da Prefeitura da Vitória de Santo Antão e alguns deles, beneficiados direta ou indiretamente pelas benesses do Poder Executivo local.

Não há como esperar isenção, moralidade, comprometimento para uma categoria baseado neste “arrumado” e “chapa branca”, diante de uma Prefeitura e de uma Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes que articularam nos bastidores esta chapa, os quais são órgãos públicos que já provaram que não têm compromisso com a maior festa popular da Vitória de Santo Antão. O governo Elias Lira (PSD) é um desastre quando se trata de cultura e turismo especificamente falando.  Estes gestores sempre olharam o Carnaval da cidade como uma indústria e usam da malversação das verbas públicas direcionadas ao Carnaval como instrumentos de locupletação. É triste constatar que a entidade esteja tão pessimamente representada e comprometida com esta política de lassidão do nosso patrimônio cultural material e imaterial.

Nem Elias Lira, nem Joaquim Lira e nem Paulo Roberto Leite de Arruda querem investir no Carnaval das Alegorias. Amanhã, direi em detalhes por que. (Saiba agora AQUI).

Confira a composição da “nova” Diretoria e Conselho Fiscal da ACTV:

DIRETORIA
PRESIDENTE: GILBERTO LORENA LEANDRO (ACTV)
VICE-PRESIDENTE: PAULO ROBERTO SENA (ACTV)
SECRETÁRIO: MOURACY (BLOCO AI, AI, AI, UI, UI, UI)
VICE-SECRETÁRIA: DONA BIRINA (CLUBE URSO BRANCO)
TESOUREIRA: CARLA VIVIANNE (TROÇA JEGUE DE TRÓIA)
DIRETOR SOCIAL: RÔMULO DE DEUS (BLOCO BOBEIRÓDROMO)

CONSELHO FISCAL
TITULARES:

1º ADEMARIO ALEXANDRINO (BLOCO OS BARRIGA D’ÁGUA); 2º NEIDE (CLUBE URSO PRETO); 3º DENIZ (O CURRAL)

SUPLENTES:

1º MARCOS JULIO (ORQUESTRA AVALOVARA/BLOCO O PASSISTA); 2º CÍCERO (TROÇA BEIJA FLOR); 3º DECA DE PIRITUBA (TROÇA AS CALUAS DE PIRITUBA).

 

 

Polícia Civil entregará doações da Campanha Noite Feliz‏; Vitória será beneficiada


PCNesta sexta-feira (19), às 9h da manhã, a Diretoria Integrada do Interior da Polícia Civil 1 fará a entrega dos donativos arrecadados pela Campanha Noite Feliz, realizada em Pernambuco. A instituição beneficiada na área do Agreste, que engloba as AIS 14 (Caruaru), 15 (Belo Jardim), 17 (Santa Cruz do Capibaribe) e 18 (Garanhuns), será o Projeto Viver, localizado na Rua Ulisses Pernambucano, nº 30, Bairro São Francisco, em Caruaru – PE (por trás da Policlínica). O Projeto Viver, existente há mais de 16 anos, trabalha com aproximadamente 70 crianças carentes dos bairros São Francisco e vizinhos. Lá as crianças têm aulas diversas (reforço, inglês, bíblicas), além de alimentação (café da manhã, almoço e lanche).

Na região da Zona da Mata, que engloba as AIS 11 (Goiana), 12 (Vitória de Santo Antão), 13 (Palmares) e 16 (Limoeiro), a entrega dos donativos arrecadados será às 11h da manhã, da sexta-feira (19) e a instituição beneficiada será o Instituto Vitória Humana (IVH), organização não governamental de promoção e defesa de Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes, localizada na Rua Antônio Pereira de Lima, nº 129, São Vicente de Paulo, Lagoa Redonda, Vitória de Santo Antão.

Com informações da Assessoria. 

 

21º BPM realiza culto de ação de graças neste sábado


(Evento esta marcado às 18h30 - Foto: Google Street View).

(Evento está marcado às 18h30 – Foto / Reprodução: Google Street View).

O pátio do 21º Batalhão da Polícia Militar receberá no próximo sábado (20), um culto de ação de graças. A noite será de agradecimentos e orações pelos trabalhos e realizações que ocorreram no decorrer deste ano. O início do evento está programado para às 18h30.

“Grandes coisas fez o Senhor e por isso estamos alegres” é a temática desta edição. O 21º BPM fica localizado no Bairro do Lídia Queiroz, ao lado do Estádio Severino Cândido Carneiro (Carneirão).

Vitória: “cratera” no Bairro Lagoa Redonda interfere no cotidiano dos moradores


Envie também sua sugestão pelo WhatsApp: (81) 9992-9364

Envie também sua sugestão pelo WhatsApp: (81) 9992-9364 / A Voz da Vitória

Um buraco na via principal do Bairro Lagoa Redonda, área urbana da Vitória de Santo Antão, levou um leitor a procurar o Portal A Voz da Vitória. Através do WhatsApp (81) 9992-9364, o internauta (que preferiu sigilo) afirma que o problema acontece há cerca de oito meses, mas há três a população aguarda pelo reparo por parte da Prefeitura da Vitória de Santo Antão, conforme prometido em duas visitas feitas pelos representantes da Prefeitura durante a última campanha eleitoral.

Segundo o denunciante o problema se agrava mais ainda quando chove, porque o acúmulo de água faz com que a via fique intransitável. Ainda conforme o apelo, a “cratera” fica localizada na Rua Profª Valdinete Santana de Queiroz.

“Gostaria que essa imagem chegasse até as autoridades públicas para que as obras iniciem. Desse jeito não passa carro algum”, desabafou o leitor. “Muitas vezes, o ônibus nem passa. Teve que desviar do seu trajeto original”, reclamou.

 

Sílvio Costa Filho revela preocupação com proposta de pedágio na BR-232


(Foto: Reprodução / ABLOGPE).

(Foto: Reprodução / ABLOGPE).

O deputado Sílvio Costa Filho, do PTB, analisou, nesta quarta (17), declarações do deputado e futuro secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira, do PR. Segundo o petebista, o futuro representante do Governo sugeriu uma Parceria Público-Privada (PPP) para investir na requalificação da BR-232, com cobrança de pedágio. O petebista classificou a ideia como privatização da rodovia. Costa Filho avisou que, caso a proposta se concretize, vai solicitar, em conjunto com a Oposição, uma audiência pública para tratar do assunto, no início da próxima legislatura.

O deputado garantiu que não é contra a criação de PPPs, que considera um importante instrumento de gestão. Mas Sílvio Costa Filho acredita que o modelo não serve para a BR-232. De acordo com ele, a estrada apresenta uma série de problemas, precisa ser requalificada, e está sob delegação do Estado até 2028. Além disso, o parlamentar argumentou que o tema surge num momento em que o Governo Federal estuda a duplicação da rodovia desde São Caetano até Arcoverde.

Ele analisou, ainda, que quando se tratarem de obras com investimento privado desde a concepção, a exemplo dos projetos do sistema viário do Paiva e dos presídios em Itaquitinga, o modelo PPP poderia ser a melhor opção. No caso da BR-232, Costa Filho defende que é melhor buscar alternativas para realizar melhorias na rodovia.

O deputado Tony Gel, do PMDB, ressaltou que utiliza a BR frequentemente, e lembrou que a duplicação do trecho entre o Recife e Caruaru foi feito com recursos estaduais, na administração de Jarbas Vasconcelos. O parlamentar avaliou que a decisão de cobrar pedágio teria que passar pelo crivo do Governo Federal. Tony Gel acrescentou que surgem questões como a delegação para manutenção da rodovia até 2028 e, principalmente, preocupações sobre como o Estado receberá de volta o dinheiro aplicado na obra.

Com informações da Assembleia Legislativa de Pernambuco. 

Com boa atuação de Kiros, Porto derrota o Vera Cruz


FPFO Porto conquistou a primeira vitória no Campeonato Pernambucano 2015. Nesta quarta-feira (17), o Gavião derrotou o Vera Cruz por 2×1 no Estádio Luiz Lacerda, em Caruaru. Os dois gols do Tricolor do Agreste foram marcados por Kiros, enquanto Cláudio descontou para o Galo.

O Porto está na quinta colocação da Taça Eduardo Campos, com cinco pontos. Mesma pontuação do Vera Cruz, que está em sexto por causa do número de gols marcados (5×3).  Na próxima rodada, o Gavião enfrenta o Central, no domingo (21), às 16h, no Lacerdão. No mesmo dia e horário Galo encara o Pesqueira, no Joaquim de Brito.

Com informações da FPF.

Página 1 de 35312345...102030...Última »