• Ceclin
jul 31, 2013 0 Comentário


Carol Baiana, atacante do Vitória vai atuar em clube dos Estados Unidos

(Foto: Luciano Abreu).

A artilheira do Campeonato Pernambucano de Futebol Feminino 2013, Carol Baiana, 35 gols, está de mudança. A jogadora não teve muito tempo para comemorar o tetracampeonato do Vitória, seu terceiro título pelo Tricolor das Tabocas, e já embarca, esta semana, para os Estados Unidos.

Os motivos para que Carol Baiana deixassem o Vitória foram mais fortes. Há dois anos no clube, a artilheira recebeu uma proposta irrecusável para jogar no time da Monroe College, em Nova York, nos Estados Unidos. Em troca, a jogadora receberá uma bolsa de estudos na universidade. O curso Carol já escolheu. “Vou cursar Administração Esportiva”, disse.

A mãe da atleta, Vaneide Martins, está orgulhosa da filha. “Ela nunca me deu trabalho, juntou o dinheiro que ganhava no bolsa atleta para poder se manter lá nos Estados Unidos com as despesas pessoais, já que a moradia e a alimentação é por conta da Universidade”, explicou. Vaneide, também, contou como foi que a filha ganhou a bolsa. “Um olheiro de futebol a viu jogando pela Seleção Brasileira, no Mundial Sub-20, no Japão, e fez o convite para ela jogar e estudar pela Universidade”, disse orgulhosa. “Ela nunca deixou o esporte e nunca deixou os estudos, sempre manteve as duas coisas”, finalizou.

Milton Ribeiro, pai de Carol Baiana, também está orgulhoso e feliz pelas conquistas da filha. “Isso é maravilhoso. Carol é uma pessoa muito determinada. Ela consegue todas as coisas na vida sem a nossa participação. Sempre foi muito independente”, disse.

Além de ser artilheira da competição, Carol Baiana se destacou no campeonato por ter feito 15 gols em um única partida, a goleada aconteceu no jogo contra a PMPE, o jogo terminou 34 x 0 para o Vitória. Além disso, a jogadora foi, recentemente, convocada para a Seleção Brasileira de Futebol Feminino Sub-20 para a etapa de treinamento, que visa o Sul-Americano de 2014. Agora, a atleta vai alçar voos mais altos e se destacar fora do país.

Com informações da Federação Pernambucana de Futebol (FPF).