• Ceclin
jun 20, 2018 0 Comentário


Assembleia Legislativa celebra 80 anos da Pitú

SOLENIDADE – Joaquim Lira (e) enalteceu importância da indústria. Sócio-diretor da empresa, Alexandre Ferrer recebeu placa comemorativa em cerimônia comandada por Guilherme Uchoa (d). Fotos: Sabrina Nóbrega

SOLENIDADE – Joaquim Lira (e) enalteceu importância da indústria. Sócio-diretor da empresa, Alexandre Ferrer recebeu placa comemorativa em cerimônia comandada por Guilherme Uchoa (d). Fotos: Sabrina Nóbrega

Maior exportadora de cachaça do País, a Engarrafamento Pitú foi homenageada pela Assembleia Legislativa na noite dessa terça (19/6). Proposta pelo deputado Joaquim Lira (PSD), a Reunião Solene enalteceu os 80 anos da indústria de Vitória de Santo Antão (Mata Sul) que produz a bebida de mesmo nome conhecida nacional e internacionalmente.

80 anos da Pitú na AlepeA história do empreendimento teve início em 1938, quando Joel Cândido Carneiro e Severino Ferrer de Moraes decidiram fabricar vinagre e bebidas à base de maracujá e de jenipapo, além de engarrafar aguardente. “A pacata Vitória de Santo Antão testemunhou o desenvolvimento de uma notável trajetória de sucesso, celebrada, hoje, nos 80 anos dessa sólida indústria, líder no Norte e Nordeste e sinônimo de qualidade em bebidas”, ressaltou o presidente da Alepe, deputado Guilherme Uchoa (PSC), que comandou a cerimônia. Em discurso, o parlamentar lembrou que a fábrica exporta a cachaça Pitú para países de vários continentes. “O exigente mercado norte-americano também já se rendeu aos seus produtos”, acrescentou.

Para Joaquim Lira, a Pitú é uma indústria de grande importância não só para Vitória de Santo Antão, mas também para Pernambuco e o Brasil. “É um empreendimento que exporta boa parte de sua produção e leva o nome do município e do Estado para muitos lugares do mundo, especialmente a Europa e a América do Norte”. Segundo o deputado, a empresa é digna da homenagem, pois só engrandece o povo de Pernambuco.

Sócio-diretor da Pitú, Alexandre Ferrer de Moraes agradeceu, em nome de todos os funcionários, à Assembleia Legislativa. “Receber o reconhecimento da Casa que representa o povo pernambucano é motivo de grande orgulho, principalmente neste ano em que completamos 80 anos de existência. Poucas empresas no Brasil conseguem chegar a essa marca”, enfatizou. Em alusão à data, o executivo recebeu uma placa comemorativa da Alepe. O vice-governador do Estado, Raul Henry, compareceu à Reunião Solene.