• FAMAM
  • Ceclin
mar 28, 2019 0 Comentário


Após ameaças, prefeita de Glória do Goitá receberá segurança policial

A gestora recebe proteção pública. Foto: Arquivo/Blog

A gestora recebe proteção pública. Foto: Arquivo/Blog

Por TV Jornal| JC Online  

A prefeita de Glória do Goitá, Adriana Paes (PR), receberá segurança policial. A medida foi concedida pela Secretaria de Defesa Social do Estado de Pernambuco (SDS-PE) após a chefe do Executivo municipal solicitar proteção devido a ameaças e ataque nos últimos meses.

De acordo com a assessoria de comunicação do Município, Adriana recebeu a notificação na terça-feira (26/03) e, possivelmente, os policiais militares do 21º Batalhão começarão a fazer a segurança da prefeita a partir desta quinta-feira (28). Na quarta-feira (27), a gestora esteve no batalhão para discutir os detalhes da proteção.

Ainda segundo a assessoria, a prefeita continuará com os seguranças particulares que contratou após receber ameaças de morte por meio de prints de conversas no Facebook. O conteúdo das mensagens foi divulgado no dia 25 de fevereiro deste ano na rede social. Em uma das publicações, um dos suspeitos envolvidos informa que o crime deveria ser consumado ainda no começo de 2019.

Após tomar conhecimento das conversas, Adriana solicitou proteção da Polícia Militar, que foi analisada e aprovada pela Comissão Permanente de Segurança Pessoal de Autoridades (CPSPA).

Fazenda alvo de ataque
No dia 11 de março, a fazenda da prefeita foi alvo de ataque. Na época, a assessoria de comunicação havia informado que Adriana ouviu disparos de arma de fogo vindos da porta de entrada da fazenda. Policias militares e civis foram acionados e as equipes rondaram a região para encontrar o autor ou autores dos disparos. Ninguém foi encontrado.

ENTENDA O CASO clicando AQUI