• Ceclin
ago 20, 2018 0 Comentário


Aglailson Victor abre outro ciclo político em Vitória de Santo Antão

Aglailson Victor no lançamento de seu nome a deputado, quando irá vincular a sua campanha o slogan “Tradição que se renova”.  Foto: Hélia Scheppa/PSB

Aglailson Victor irá vincular a sua campanha o slogan “Tradição que se renova”. Foto: Hélia Scheppa/PSB

A nova geração política das três famílias tradicionais de Vitória se fará presente nas eleições 2018 e certamente Aglailson Victor terá função preponderante no xadrez político 

Por Lissandro Nascimento 

Pertencente a quinta geração da família Queralvares o candidato a deputado estadual Aglailson Victor, de 23 anos, disputa pela primeira vez o pleito eleitoral pelo PSB com a tarefa de assegurar a vaga que seu pai, o prefeito de Vitória Aglailson Júnior, e seu avô ex-prefeito José Aglailson, tiveram na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) por consecutivos mandatos. O tataravô de Victor, José Joaquim da Silva, iniciou a jornada política da família no século passado quando assumiu a Prefeitura de Vitória, tendo ainda o seu bisavô José Joaquim da Silva Filho também como gestor. Para continuar esse legado, a candidatura de Victor foi lançada oficialmente na tarde desse domingo (19/8), no Clube Abanadores O Leão, situado na Matriz da Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata.

O evento político contou com grande público tanto nas dependências do Clube quanto da Praça Dom Luiz de Brito, sendo prestigiado pelo governador e candidato à reeleição, Paulo Câmara (PSB), que trouxe a Caravana da Frente Popular à cidade, ao lado dos seus postulantes ao Senado, Jarbas Vasconcelos (MDB) e Humberto Costa (PT), e de um grande conjunto de prefeitos e lideranças políticas da região. “Estou preparado para a vida pública. Serei um defensor de Vitória e Pernambuco na Assembleia para honrar a história de Arraes e Eduardo Campos na defesa dos que mais precisam. Vamos mostrar nas ruas o que os dois fizeram por Pernambuco e também vou lembrar as conquistas das gestões do meu pai e de meu avô no comando de nossa cidade”, bradou Aglailson Victor no lançamento de seu nome a deputado, quando irá vincular a sua campanha o slogan “Tradição que se renova”.

José Aglailson e Victor

Victor se lembrou durante o seu discurso, o início do Parque Industrial de Vitória ainda na gestão do seu avô, ex-prefeito José Aglailson (PSB). O jovem também saiu em defesa do seu pai no comando da Prefeitura, que segundo ele, tem feito um governo com bons resultados, apesar de ter assumido da gestão anterior “uma prefeitura sucateada”. O candidato também saiu em defesa do governador Paulo Câmara. “Pernambuco está em pé com Paulo!”, assegurou, em alusão a crise econômica e institucional recorrente no País, quando inúmeros Estados têm dificuldades de ‘caixa’, enquanto aqui Câmara tem feito uma gestão de austeridade com as contas públicas. “O povo da minha cidade sabe o que é melhor, sabe quem já nos ajudou e pode ajudar muito mais. E é a Frente Popular que vai continuar colocando Pernambuco na frente”, externou Aglailson Victor.

Paulo Câmara durante o evento destacou que o pleito deste ano coloca duas formas de governar bem distintas para avaliação do eleitor. “É o nosso jeito de gerir, com eficiência, responsabilidade, equilíbrio e compromisso com os que mais precisam e o jeito da Turma do Temer, que afundou o Brasil. E o povo saberá escolher”, pontuou.

Paulo Câmara com Queralvares

“Vamos vencer as eleições com a ajuda e, principalmente, com o carinho que esse povo maravilhoso de Vitória de Santo Antão está demonstrando com a Frente Popular”, afirmou Paulo Câmara. “É assim, junto com o povo, que seguiremos governando Pernambuco por mais quatro anos. E, desta vez, vamos governar ao lado do presidente Lula”, completou o governador. O socialista ainda fez questão de destacar a importância de contar com Humberto e Jarbas no Senado, a partir de 2019. “Eles vão me ajudar muito, lá em Brasília. Temos certeza de que o generoso povo pernambucano vai eleger essa chapa completa porque sabe que é o melhor para o nosso Estado. São dois homens muito sérios e comprometidos”, avaliou Câmara. Ao ser ovacionado pela população, citou a matéria da Folha de São Paulo na qual Pernambuco está entre as capitais mais eficientes do Brasil. “Pernambuco mostra ao Brasil como se faz gestão” , frisou.

O prefeito Aglailson Júnior prenunciou o tamanho da vitória da Frente Popular em outubro. “Será uma eleição muito marcante, com uma vitória expressiva do governador e de sua chapa”. “Não adianta lutar contra o tempo! Paulo Câmara provou que é capaz, pois tem mostrado que Pernambuco precisa seguir em frente e ele será reconduzido para continuar nos ajudando a governar Vitória”, afirmou o prefeito.

O público presente no Clube O Leão fez questão de fortemente ovacionar dois nomes citados durante os discursos: o do candidato a presidente da República Lula (PT), bem como o da primeira-dama do Município da Vitória de Santo Antão, Cristiane Queralvares (mãe de Victor).

Humberto Costa com Aglailson Victor

Bastante à vontade no lançamento de Victor, o Senador Humberto Costa (PT) disse que Aglailson Victor “representa o novo fôlego da política pernambucana”. Costa fez questão de lembrar a boa relação que guarda de Vitória quando chegou a atuar como médico no Hospital João Murilo de Oliveira. Humberto explicou que a essência desse novo arranjo da Frente Popular se baseia em três pilares: a capacidade que Paulo Câmara provou em gerir as políticas públicas no Estado, a defesa de um projeto de desenvolvimento que assegure os interesses da maioria (em contraposição a política excludente da Turma do Temer), e a defesa da candidatura de Lula para que as forças da esquerda retomem a presidência do País.

Da plateia, Humberto ouviu muitos gritos de “Lula Livre!” e apelos pela liberdade e pela candidatura do ex-presidente. E salientou a ligação política e fraterna entre Lulas e os pernambucanos, sendo o ex-presidente um filho da terra. “Nós temos uma obrigação que é devolver o Brasil a quem mais precisa. Temos a missão de fazer com que o povo volte a ter voz e seja tratado com dignidade. Tudo isso virá com Lula presidente do Brasil. O povo quer, a lei permite e o Brasil precisa” , acentuou Humberto. Em um palanque cuja cor predominante era o vermelho, Humberto recebeu diversas mensagens direcionadas ao ex-presidente. “Conheço o presidente há muitos anos e posso dizer a vocês, com toda certeza, que ele está mais forte do que nunca e vai voltar a governar o Brasil para os brasileiros”, afirmou o senador.

João CamposPor sua vez, o candidato a deputado Federal João Campos (PSB), herdeiro político do seu pai, o ex-governador Eduardo Campos, fez um dos melhores discursos no Clube O Leão. Alçado em ser um dos federais mais votados da Frente Popular, João fez questão de mencionar os laços fraternos que nutre com Aglailson Victor. “Para quem não sabe Victor é afilhado do meu pai e minha mãe (Renata Campos). Convivo com Victor desde criança e tivemos a honra de acompanhar grandes momentos políticos de nossas famílias em campanhas junto ao povo”, ressaltou.

João Campos frisou firmemente o grave momento político vivido pelo País e condenou a política do presidente Michel Temer que contribuiu com que muitos Estados chegassem a ter dificuldades de caixa, instante em que saiu em defesa de Paulo Câmara que “vem honrando com sua capacidade de trabalho o equilíbrio fiscal pernambucano”, reforçando o papel político da Frente Popular diante da política anti-povo da ‘Turma do Temer’.

“Eles (a Turma do Temer) não têm coragem de olhar diretamente para o povo”, crivou. Aproveitou ainda para externar sua gratidão a família Queralvares diante da lealdade ao seu avô Miguel Arraes e a Eduardo Campos. “É importante registrar que se não fosse Vitória, Eduardo Campos não teria sido deputado Federal e depois governador. Será uma grande honra percorrer cada canto de Pernambuco encantando as pessoas ao lado de Victor na defesa do País e dos recentes avanços no Estado”. O filho de Eduardo fez questão de fazer rasgados elogios à história política de Humberto Costa “para onde você vai sempre defendeu o presidente Lula”. Ainda afirmou que do outro lado existem dois candidatos a senador que foram ministros de Temer, e os desafiou a defender o presidente nas ruas de Pernambuco. De pronto finalizou seu discurso atestando sua defesa diante de um projeto soberano para o País com Lula no comando.

FORÇA POLÍTICA

Aglailson Victor pelo atual quadro político desenhado será o candidato a deputado estadual mais votado em Vitória de Santo Antão. Soma-se a isso o apoio da máquina pública com o seu pai, prefeito Aglailson Júnior, além de mais 10 prefeitos espalhados nos municípios de Brejão, Brejinho, Casinhas, Chã de Alegria, Custódia, Exu, Itapetim, Macaparana, Pombos, São Bento do Una.

Aglailson Victor

Segundo informações de Aglailson Neto, irmão de Victor, o candidato conta com o apoio de 11 prefeituras e importantes lideranças políticas espalhadas em 42 municípios, a exemplo dos ex-prefeitos Silvestre (Passira), Bete Dael (Bezerros) e o de Saloá.

Dos 19 vereadores da Câmara de Vitória, Aglailson Victor conta com o apoio de 11 parlamentares. Registra-se: o seu tio Romero Queralvares, o presidente Novo da Banca, Silvia do Geral, Baixa Emiliano, Jota Domingos, Geraldo Filho, Marcone da Charque, Danda da Feijoada, Celso Bezerra, Zequinha Mototáxi, Marcos da Prestação. Somado a suplentes de vereador como Josias de Militina e David Frutas.

CICLO POLÍTICO 

Há meio século Vitória de Santo Antão tem historicamente constatado que as três famílias tradicionais se revezam no comando da Prefeitura, a saber: a família Lira, os Queiroz e os Queralvares, quando na cidade é prática os recorrentes interesses oligárquicos e fruto do filhotismo político.

Diante das candidaturas a deputado estadual colocadas neste pleito de 2018 quando as três famílias mais uma vez expõem nas ruas seus representantes, a exemplo do filho do ex-prefeito Elias Lira e candidato a reeleição Joaquim Lira (PSD), o ex-vice prefeito Henrique Filho (PR) e Aglailson Victor (PSB), este último estreiando na disputa política, implica atestar que esses três nomes certamente serão eleitos no próximo dia 07 de outubro e deverão continuar nos próximos embates políticos na disputa local.

Aglailson Victor & Aglailson JuniorDe modo que esta nova geração política se fará presente e certamente terá função preponderante no xadrez político. Nesse contexto, a estreia de Victor representa, na nossa ótica, a abertura de outro ciclo político na cidade, pelo qual vai contribuir a arranjos políticos na composição da cidade, além de novos relances nas correlações de forças políticas que poderão consolidar a perpetuação desses atores no comando da Prefeitura. Salvo senão houver o surgimento de um forte grupo político independente que reúna as condições necessárias de se contrapor a atual polarização política de Vitória.

Não há como negar que a família Queralvares preza pela coerência política, pois sempre atuou no campo progressista e defendeu bandeiras levantadas por Miguel Arraes e Eduardo Campos, ambos lideranças históricas do PSB. Nunca essa tradicional família transitou fora desse campo político.

Aglailson Victor abre esse outro ciclo político em Vitória. Apesar de jovem, ele reúne todas as condições de cumprir a continuidade do legado de sua família na região. É inteligente, virtuoso, afável e tem ‘felling político’. De fato, foi acertada pela família a escolha de Victor para cumprir essa tarefa. Pelo visto, fará um importante espaço na Alepe, espera-se que certamente muito melhor que seu avô e pai quando por lá estiveram. Victor eleito pelo PSB será um quadro em ascensão para a legenda em Pernambuco. Tem tudo pra ser, senão reproduzir antigos vícios políticos.