• Ceclin
mai 18, 2018 0 Comentário


2ª Vaquejada Haras Ribeiro Mendes bate recorde de inscrições em Gravatá

Um dos destaques do evento é o leilão, 40 animais de linhagem genética consagrada na modalidade irão a licitação incluindo animais em atividade, potros, potrancas, matrizes e reprodutor. Foto: Anderson Souza / SECOM Gravatá

Um dos destaques do evento é o leilão, 40 animais de linhagem genética consagrada na modalidade irão a licitação incluindo animais em atividade, potros, potrancas, matrizes e reprodutor. Foto: Anderson Souza / SECOM Gravatá

Entre os dias 16 a 20 de maio, o Município de Gravatá é palco de um dos mais importantes eventos de turismo rural da região, a II Vaquejada Parque Haras Ribeiro Mendes.

As competições são divididas em cinco categorias: profissional, amador, aspirante, derby e feminino. As premiações chegam a 200 mil Reais. O evento, que já é um sucesso desde a edição passada, superou as expectativas dos organizadores, já passam de mil vaqueiros inscritos e ainda há fila para garantir a vaga na competição. “Foi além do esperado, recebemos aqui vaqueiros de todos os estados do Nordeste e também de outras regiões, este evento vem com duas missões importantes, manter viva a tradição da vaquejada em nossa cidade e fazer do município vitrine para nossos animais de ótima genética, além de outras peculiaridades que a cidade oferece, como o artesanato, gastronomia etc.”, destacou o idealizador e realizador da Vaquejada, Israel Ribeiro.

O vaqueiro Adailton Paiva já rodou o País inteiro disputando vaquejadas, e hoje ele tem a oportunidade de competir na cidade onde ele deu seus primeiros passos na profissão. “Aprendi a montar em um cavalo e derrubar um boi aqui em Gravatá e ter a oportunidade de correr vaquejada aqui tem um gosto especial, vou dar o melhor de mim para conseguir um bom resultado, estou animado”, falou.

Cerca de 150 empregos diretos foram gerados e 400 indiretos, além de movimentar a rede hoteleira, gastronômica e de artesanato da cidade. Luiz Roberto, Secretário Executivo de Desenvolvimento Rural, pontuou alguns dos motivos pelo qual Gravatá é sucesso no Turismo Rural. “Temos um excelente clima para a criação de cavalos de raça. A altitude do Município também favorece a qualidade dos animais e nossa rede hoteleira e gastronômica aporta o grande número de pessoas que eventos como este atrai”, salientou.

Um dos destaques do evento é o leilão, 40 animais de linhagem genética consagrada na modalidade irão a licitação incluindo animais em atividade, potros, potrancas, matrizes e reprodutor. Os organizadores estimam que seja movimentado cerca de 5 milhões de Reais durante os cinco dias de vaquejada. “Ficamos muito felizes em ver nosso evento, que tanto trabalhamos para acontecer ser este verdadeiro sucesso. Só temos que agradecer, primeiramente a Deus e também aos nossos parceiros, em especial ao prefeito Joaquim Neto que foi um dos grandes incentivadores para que trouxéssemos esse evento que enriquece a agenda cultural e que mexe com o homem do campo, com as nossas raízes”, disse o organizador da vaquejada, Marcos Valério.

As atrações da Vaquejada ainda se estendem a shows musicais, que tem como principais destaques MUSA, LUAN DOUGLAS E VILÕES DO FORRÓ, ARREIO DE OURO e FORRÓ VUMBORA.

O evento está sendo realizado no Haras da Serra e a realização é uma parceria entre os Haras Ribeiro Mendes e o MWM.